Cabo Verde espalha a Morna por Lisboa [SEX, 5 JUL 2013]

cesaria-evora No dia em que Cabo Verde comemora 38 anos de independência, o seu Dia Nacional, a Embaixada de Cabo Verde em Lisboa vai espalhar a Morna por Lisboa, para assinalar a candidatura deste género musical característico do povo cabo-verdiano a Património Imaterial da Humanidade. São pequenos miniconcertos, a realizar em três locais distintos da cidade. Às 9:00 horas haverá uma atuação no miradouro de S. Pedro de Alcântara, às 10:30 horas no Largo de S. Domingos, junto ao Rossio (ao lado do Teatro D. Maria II) e às 12:00 horas em Belém, junto ao Mosteiro dos Jerónimos (em frente à Fábrica dos Pastéis de Belém).

Os miniconcertos que assinalam este dia serão marcados por uma homenagem aos principais intérpretes e compositores da Morna, tais como Bana e Cesária Évora – a cantora que levou a Morna além-fronteiras, Celina Pereira, Ildo Lobo, Ti Goi, entre tantos outros nomes que tornaram a Morna um factor identitário do povo cabo-verdiano.

O Governo de Cabo Verde declarou a Morna Património Nacional e lançou o processo de candidatura a património imaterial da humanidade, como forma de reconhecimento do valor excecional da Morna como expressão artística de Cabo Verde.

Cabo Verde será igualmente o país convidado da edição deste ano da Feira Internacional do Artesanato (FIA) de Lisboa, que se realizará entre 6 a 14 de julho na FIL, no Parque das Nações, em Lisboa.

A entrada é livre

2 pensamentos sobre “Cabo Verde espalha a Morna por Lisboa [SEX, 5 JUL 2013]

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s