África Mostra-se no Vale da Amoreira [até 5 JUL 2015]

AfricaMostrase2015“África Mostra-se” é uma mostra de cinema e outras manifestações culturais, da dança à arte urbana, passando pela narração de contos, com a participação das diferentes comunidades locais. Nascida em Lisboa em 2011, a iniciativa muda-se este ano para o concelho da Moita, numa parceria entre o Município local e a cooperativa cultural ZEBRA.

 

PROGRAMA – 26 de Junho a 5 de Julho de 2015

26 JUNHO (sexta-feira), 16h00
KUDAFRO – Oficina de dança com BLAYA (Buraka Som Sistema)
Destinatários: Todos
Centro de Experimentação Artística
Inscrições: até 24 de junho, no CEA ou pelo telefone 21 181 00 30.

Karla Rodrigues aka Blaya, nasceu no Brasil mas viveu toda a sua vida em Portugal. É vocalista e bailarina do grupo Buraka Som Sistema desde 2008, e professora de dança desde 2004. Blaya já viajou e pisou vários palcos pelo mundo tendo a oportunidade de mostrar a sua dança a milhares de pessoas e de atuar com artistas como SantiGold, Crookers, Major Lazer, Black Eyed Peas, Diplo, Janelle Monae, entre outros.

27 JUNHO (sábado), 11h00
KWAMAGUGU YAMI – histórias africanas contadas por Cindy Baptista e musicadas por Bilan
Destinatários: M/3 anos
Biblioteca Municipal do Vale da Amoreira.

KWAMAGUGU YAMI (“Minha herança”) é o encontro entre uma educadora (Cindy, YAMI) e um músico (Bilan, KWAMAGUGU), tendo como ponto de partida a literatura infantil, proporcionando uma viagem por palavras de autores africanos associadas a uma sonoridade própria.
Uma viagem por África, lugares, poetas, escritores, ritmos, vozes, emoções e imaginários. Um encontro onde se contam e recontam histórias tradicionais. Histórias que ganham asas e se apropriam de quem as ouve. Onde se pode alargar os horizontes do mundo em que vivemos através da magia das histórias. Contos de outros e de todos os tempos, verdadeiros retalhos da alma africana, plenos de uma universalidade.
Contos de uma África mais antiga que encontram uma nova voz.

3 JULHO (sexta-feira), 21h30 – CINEMA AO AR LIVRE
Anfiteatro junto ao Centro Experimentação Artística

Atuação do grupo de Batucadeiras Estrelas de Santiago.
+
“Terra Terra”, de Paola Zerman (2014). Cabo Verde. Documentário. 38 min.
Destinatários: M/12 anos

Através das vozes de Ulysses, Silvia Medina, Nazalio Fortes, Ettore Ferro, Uziel Sança e de muitos outros artistas, é contada a história da ilha do Sal, de Cabo-Verde.
O filme incide sobre vários aspetos culturais mostrando que não só a praia e as paisagens deslumbrantes devem ser enfatizadas mas também a arte, que constitui a identidade cultural, deve ser considerada.
“Terra Terra” resulta de uma colaboração entre a realizadora Paola Zerman, a jornalista Albertina Rodrigues e a “House of Music” Ocean Cafe. Ganhou o prémio de melhor curta-metragem no Cabo-Verde International Film Festival e foi recentemente nomeado para o prémio Los Angeles Cine Fest.


4 JULHO (sábado), 21h30 – CINEMA AO AR LIVRE
Anfiteatro junto ao Centro Experimentação Artística

“I Love Kuduro”, de Mário Patrocínio (2013). Angola/Portugal. Documentário. 96 min.
Destinatários: M/12 anos

O Kuduro (literalmente “cu duro”) é um movimento cultural urbano nascido em Angola durante a última década da Guerra Civil (1990).
Criado nas discotecas e raves da Baixa de Luanda através de uma fusão entre batidas House, Techno e ritmos tradicionais angolanos, o Kuduro transbordou do centro da cidade para a periferia. Rapidamente se espalhou por Angola, por África e agora por todo mundo.
O Kuduro mistura dança, música, lifestyle, as suas letras inspiram-se nas coisas simples do dia-a-dia e a sua cultura está presente um pouco por todo o lado – seja numa esquina, numa escola, num táxi ou até num estádio de futebol.
“I Love Kuduro” acompanha as mais idolatradas estrelas deste fenómeno urbano que hoje arrasta multidões de jovens Africanos, nomeadamente Bruno de Castro, Eduardo Paim, Sebem, Nagrelha, Hochi Fu, os Namayer, Tchobari, Titica, Francis Boy e Cabo Snoop, oferecendo uma visão única sobre a nova geração de talento angolano.


5 JULHO (domingo), 21h30 – CINEMA AO AR LIVRE
Anfiteatro junto ao Centro Experimentação Artística
Destinatários: Todos.
Mostra dos filmes realizados pelos alunos da EB Vale da Amoreira Nº1 e EB 2, 3 Vale da Amoreira no âmbito do projeto com os Filhos de Lumière “O Cinema, cem anos de juventude” e “O Mundo à Nossa Volta” (anos letivos 2011 a 2015). Mostra da oficina de cinema “O Primeiro Olhar” (2007).

4 e 5 JULHO (sábado e domingo), a partir das 10h30 – ARTE URBANA – INTERVENÇÃO EM PAREDE DE EDIFÍCIO MUNICIPAL
Com a participação de Ismael Sequeira e Estanislau Neto do Coletivo Cafuka e Pedro Pinhal.
Avenida José Almada Negreiros, junto Biblioteca Municipal do Criva Vale da Amoreira

 

Entrada livre.

+ info

 

 

 

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s