Exposição “António Ole. Luanda, Los Angeles, Lisboa” [17 SET 2016 > 9 JAN 2017]

antonioole_2_final6-2-1024x488

“Mens Momentanea (I)”. Arandis, 1997. Fotografia: Rodrigo Peixoto.

Com uma já longa e internacional carreira, que inclui três participações na Bienal de Veneza, António Ole é um dos mais reconhecidos e multifacetados artistas contemporâneos angolanos. A sua obra estende-se da escultura à instalação, da pintura e colagem ao desenho, da fotografia ao filme. Sempre em diálogo com a cidade, em particular Luanda, onde nasceu em 1951 e onde vive atualmente, depois da passagem por Los Angeles, onde estudou e realizou a sua primeira exposição internacional no Museum of African American Art, iniciando uma reflexão sobre a escravatura e o colonialismo, e por galerias e museus de todo o mundo.

A Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, dedica-lhe uma exposição retrospectiva, com inauguração no dia 17 de setembro, que estará patente até 9 de janeiro de 2017. A ainda relativamente desconhecida filmografia do artista será um dos destaques da mostra.

Horário: das 10h00 às 18h00. Encerra às terças, 1 de janeiro, Domingo de Páscoa, 1 de maio e 25 de dezembro.

Entrada: 5 euros

+ info

 

 

 

 

 

Anúncios

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s