África em Foco na ARCOlisboa [16 a 19 MAI]

728x90_arco_lisboa

A ARCOlisboa está de volta à Cordoaria Nacional entre os dias 16 e 19 de maio, colocando a capital portuguesa no mapa do circuito internacional da arte.

Nesta 4.ª edição da Feira Internacional de Arte Contemporânea, uma iniciativa conjunta da Feria de Madrid – IFEMA e da Câmara Municipal de Lisboa, estarão representadas mais de 70 galerias e projetos artísticos de 17 países, que mostrarão a profissionais, colecionadores e ao público em geral “as vanguardas históricas, os clássicos contemporâneos e a arte atual”.

O programa inclui ainda debates, conferências, encontros de profissionais e com a comunidade, esculturas de grandes dimensões no exterior da Cordoaria, uma zona especialmente dedicada à edição de livros de arte contemporânea e diversas exposições em museus e outros espaços culturais de Lisboa, que se associam ao evento.

Mas o nosso destaque vai para o programa “África em Foco”, da autoria da curadora e arquiteta angolana Paula Nascimento, que, pela primeira vez, traz à ARCOlisboa seis galerias do continente africano. Afriart (Kampala, Uganda), Arte de Gema (Maputo, Moçambique), Jahmek (Luanda, Angola), Momo (Cidade do Cabo, África do Sul), Movart (Luanda, Angola) e This is not a White Cube (Luanda, Angola) são as galerias selecionadas que possibilitarão uma incursão à criação artística africana.

Paralelamente, no espaço das Galerias Municipais no Torreão Nascente, decorrerá um conjunto de conferências, de entrada livre, centradas na arte contemporânea africana, moderadas por Paula Nascimento e que contarão com a participação de curadores como Raphael Chikukwa, da Galeria Nacional do Zimbabué (dia 16, 18h), Azu Nwagbogu, do Zeitz Mocaa, da Cidade do Cabo e Jeanne Mercier, cofundadora da Africa in Visu (dia 17, 18h), e Marie Helene Pereira, da Raw Material Company (dia 18, 18h).

Haverá ainda diversas exposições noutros espaços da cidade, como é o caso de Not-A-Museum (Rua Castilho, 3), exposição de artistas de países Africanos lusófonos (inauguração no dia 16, às 22h30) e da coletiva Spaces in Between (inaugura dia 17, às 21h30), promovida pela galeria angolana This is not a White Cube num velho palacete da Baixa lisboeta.

 

Horário: 16 e 17 de maio, das 14h às 21h; 18 de maio, das  12h às 21h; 19 de maio, das 12h às 18h.

Entrada na ARCOlisboa: 15 euros (5 euros p/ estudantes)

+ info

 

 

 

Comentários

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s